Mulheres de Coragem em Ação

O Dia Internacional da Mulher não é simplesmente uma data comemorativa, mas sim o resultado de uma árdua e inesgotável luta para tentar eliminar o preconceito e a desvalorização da mulher. Atualmente, as mulheres ainda são vítimas da desigualdade salarial, da violência masculina, da jornada excessiva de trabalho e das desvantagens na carreira profissional. Muitas vitórias foram conquistadas, mas ainda existem muitas barreiras a serem vencidas.

A Reciclázaro sempre pautou suas diretrizes, lançando seu olhar e sua atenção às minorias, às populações necessitadas e injustiçadas. Dessa preocupação, nasceu a ideia de se lançar o Desafio “Do negócio à inclusão” em algumas unidades da associação, como uma metodologia de ação grupal e comunitária de desenvolvimento de potenciais e inclusão socioeconômica. Baseado no Tratamento Comunitário, o Desafio visava promover a criação de negócios inclusivos* para a geração de renda, estimulando iniciativas que fossem econômica e ambientalmente sustentáveis. 

Umas das propostas do Desafio é que cada participante, reconhecesse suas capacidades e despertasse sua criatividade, experimentando, errando, criando, participando e, o mais importante de tudo, acreditando! É um convite a sonhar com o direito de realizar.

Sendo assim, o Desafio era apenas o início da realização de um sonho;  o pontapé inicial para desenvolver um empreendimento que gerasse renda.

Na Casa de Marta e Maria, Maria D’Ávila, orientadora socioeducativa da Reciclázaro há 12 anos, desenvolvia cada tarefa do Desafio, juntamente com as conviventes, sempre servindo um cafezinho acompanhado de bolos e salgadinhos. Um dia, uma das participantes sugeriu que elas desenvolvessem um negócio na área alimentícia, pois a probabilidade de retorno era maior.

Cientes do desejo e da necessidade deste grupo de mulheres, a Reciclázaro proporcionou capacitação profissional, doou todo o maquinário e incentivou esse ideia. E foi assim que nasceu o projeto incubado “Padaria Pão de Moça”, que hoje supre toda a demanda de panificação e confeitaria das unidades da associação, além de atender o público.

Motivo de grande orgulho, essas 8 mulheres que compõe esse projeto, criaram, desenvolveram, venceram obstáculos, saíram de uma situação de vulnerabilidade, conquistando sua autonomia e a honra de servir como exemplos de sucesso e empreendedorismo.

*Negócios Inclusivos: iniciativas economicamente rentáveis, e ambiental/socialmente responsáveis, que utilizam os mecanismos do mercado para melhorar a qualidade de vida de pessoas de baixos ingressos.

Compartilhamos abaixo o link com a metodologia utilizada e que pode ser replicada gratuitamente :

Desafio

Redação:

Assiantura-Comunicação-I