Quem Somos

« Voltar

O nome Reciclázaro forma-se da conjunção do verbo reciclar com o substantivo Lázaro. Reciclar vidro, plástico, papelão, mas fundamentalmente, reciclar o ser humano. Assim como Jesus diz para Lázaro “levanta-te e anda!” ressuscitando milagrosamente após três dias da sua morte, a Reciclázaro diz para as pessoas: “Lázaros, Lázaras,levanta-te e anda, recicle-se”, devolvendo-lhes a autonomia, a dignidade e a alegria de viver.

Os programas que a Reciclázaro cria não são de permanência, são de passagem. Não de uma noite ou de duas, mas, de passagem para outro estágio, o da autonomia. Nesse sentido, todos os programas que são implementados contêm um forte componente de reinserção social que farão com que a pessoa adquira as condições necessárias para voltar a participar da vida em sociedade, já não sob a proteção da instituição, porém preparada para assumir tal desafio.

Durante a permanência das pessoas nos programas, elabora-se coletivamente, o projeto de vida de cada uma e a partir desse planejamento, trabalha-se em conjunto para que efetivamente possam concretizá-lo.

Algumas das opções que contribuem fazendo a ponte entre os programas e a vida fora deles, são: a integração no sistema educativo, a inclusão no mercado de trabalho formal, a criação de alternativas de geração de emprego e renda adaptáveis á sua realidade, a orientação para o acesso à previdência social, o cuidado de sua saúde física, psíquica e emocional, e o apoio na retomada dos vínculos familiares e comunitários.

Os destinos são vários, porém alguns se repetem em mais de uma história. A conquista de uma renda mensal e com isso o aluguel de uma moradia individual ou dividida com companheiros, colegas, ou filhos, acontece com frequência. A restituição dos vínculos com as famílias assim como a volta para a terra de origem, aquela que deixaram há muitos anos são também opções escolhidas habitualmente. Outras vezes, principalmente no caso dos idosos, eles continuam necessitando da proteção que lhes oferece um centro de acolhida e mudam-se para centros de longa permanência, mantendo muitas vezes algum tipo de vinculo com seus colegas e com a casa que deixaram.

Missão

  • Reintegrar na sociedade pessoas em situação de vulnerabilidade social, por meio de ações socioambientais, de modo a restabelecerem sua participação ativa como cidadãos, conhecerem e defenderem os direitos básicos desta cidadania, nas áreas de promoção humana, saúde, educação e trabalho, com acesso à sustentabilidade através de atividades de geração de renda.

Visão

  • Construir alternativas para a reinserção da população em situação de vulnerabilidade social e preservação do meio ambiente.

Objetivos

  • Atender as necessidades básicas dos usuários;
  • Promover e defender os direitos sociais e individuais dos usuários através de projetos inclusivos e inovadores na perspectiva da autonomia pessoal;
  • Proporcionar o empoderamento da comunidade local, certificando-a como espaço de transformação e inclusão;
  • Construir coletivamente novos espaços de relações sociais que viabilizem o processo de reinclusão plena e de aprendizado na perspectiva da volta ao estágio de vida produtivo;
  • Difundir fatores de proteção e prevenção à violência, às drogas e DST-Aids;
  • Apresentar alternativas de enfrentamento e tratamento à dependência de álcool e outras drogas;
  • Fomentar a inclusão em trabalho e renda, através de empreendimentos socioambientais;
  • Educação ambiental para comunidades, instituições sociais e de ensino, objetivando capacitá-las para participação ativa em defesa do meio ambiente;
  • Fortalecer nos usuários e na comunidade local a percepção de novas competências e habilidades;
  • Planejar e Executar atividades de forma a garantir a participação do usuário nos programas e serviços da organização;
  • Intervir no tecido urbano com propostas de cuidado e melhoria do meio ambiente.