Beneficiárias recebem capacitação para novos futuros na Padaria Pão de Moça

As beneficiárias do “Cooperativa Pão de Moça – Mulheres de Coragem em Ação” têm participado da capacitação neste projeto que conta com cofinanciamento da Estratégia ODS e da União Europeia.

O conteúdo envolve desde o preparo e a manipulação dos alimentos até a gestão do futuro negócio, a Padaria Pão de Moça, cuja reinauguração está prevista para setembro. Entre os cursos e atividades estão: empreendedorismo; nutrição e manipulação de alimentos; cooperativismo; elaboração de Estatuto e Regimento da cooperativa; além da importância dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

As 20 participantes foram reunidas com a associação entre a Reciclázaro, por meio da Casa de Marta e Maria, e as instituições Morada do Sol, COR, Maria Maria e Lar de Nazaré, como uma resposta para impulsionar o crescimento profissional de mulheres de baixa renda na liderança de empreendimentos sustentáveis, garantindo condições econômicas e sociais para cada uma delas.

O projeto é uma iniciativa de desenvolvimento econômico local fundamentado em 6 pilares da Agenda 2030 da ONU, de acordo com os seguintes Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: erradicação da pobreza; igualdade de gênero; trabalho decente e crescimento econômico; redução das desigualdades; consumo e produção responsáveis; e construção de parcerias e meios de implementação.

Casa São Lázaro: capacitar para transformar futuros

Um espaço que ano após ano transforma futuros. Centro de acolhida que atende homens em situação de vulnerabilidade social, oferecendo suporte para que possam traçar seus próprios projetos de vida, a Casa São Lázaro encerra 2019 com números repletos de significados: 109 participantes nas oficinas, 18 workshops produtivos e 2 cursos.

Com capacidade para abrigar 100 pessoas, esta unidade da Associação Reciclázaro conta com um núcleo composto por oficinas de costura, pintura, fusing glass, papelaria artesanal e estamparia. Estas áreas são utilizadas para criação de produtos pelos conviventes, que recebem capacitação para aperfeiçoamento de suas habilidades técnicas e geração de renda.

Tudo é feito com o apoio de uma equipe multidisciplinar, dedicada ao acolhimento e à escuta qualificada. Entre as ações desenvolvidas ao longo do ano estão a criação de grupos de empreendedorismo, a participação em feiras e eventos, e orientações para obtenção da carteirinha da Sutaco (Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades). Os artesãos podem vender seus produtos em pontos autorizados e contar com a vitrine do Empório Grão em Grão, um dos projetos de sustentabilidade econômica da Reciclázaro.

Além das atividades nas oficinas, são realizados diversos cursos e workshops. Neste ano, por meio de ação conjunta com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (SMDET) e o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, foram oferecidas capacitações voltadas para Técnicas de vendas e Assistente administrativo.

Em 2020, a parceria será ampliada, com a oferta de novos cursos, tais como eletricista, pintor, encanador, pedreiro e azulejista. Também está prevista a construção de uma nova sala no espaço, totamente equipada, destinada às atividades educativas, bem como a implantação do curso de Introdução à Informática.

Todo o trabalho realizado busca o resgate da autonomia, autoestima, reinserção no mercado, além da retomada de vínculos familiares e comunitários. Cada pessoa atendida recebe acompanhamento social e psicológico, orientações para cuidados com a saúde e atenção às suas necessidades básicas, além de ser estimulada ao trabalho cooperativo e associativo.

Formatura no Espaço Gasômetro celebra sucesso de curso em fase experimental

Compreender e se atualizar frente às necessidades. As capacitações gratuitas oferecidas pela Associação Reciclázaro estão sempre em sintonia com a realidade do mercado de trabalho para a inserção ou recolocação profissional. No último dia 13, o Espaço Gasômetro celebrou a formatura de 51 alunos e o sucesso de um novo curso.

Com patrocínio da Fundação Salvador Arena e do Instituto das Irmãs da Santa Cruz, a grade composta por “Manicure & Pedicure”, “Maquiagem”, “Montagem e Manutenção de Micro” e “Manutenção de Celular” também contou com a formação em “Culinária Comercial”.

Em fase experimental, o curso foi um sucesso, trazendo aos alunos a base técnica para a atuação autônoma ou em restaurantes e bares de pequeno ou médio porte, em um segmento que está aquecido.

Para a realização das próximas edições, o Espaço Gasômetro está em busca de parcerias visando a adequação física da cozinha. Empresas e instituições que desejem apoiar a iniciativa podem entrar em contato pelo e-mail social.tc@reciclazaro.org.br ou  pelo telefone 11 3311.0421, com Nádia Laurindo.

Acompanhe nosso site e redes sociais para informações sobre os próximos cursos.

Curso de Inclusão Digital gratuito no CEFOPEA

A reinserção no mercado de trabalho e a familiarização com o mundo da tecnologia fazem parte dos objetivos do curso Inclusão Digital, realizado gratuitamente no CEFOPEA. Com duração de 4 meses, ele tem a participação de 32 alunos e 5 voluntários.

Nas primeiras turmas, iniciadas em março, os conviventes das casas São Lázaro, Simeão, Marta e Maria, alunos do curso de Alfabetização, além dos trabalhadores da Cooperativa Vitória do Belém e da Padaria Pão de Moça, estão recebendo suporte a diferentes níveis de conhecimento.

As aulas ocorrem no laboratório de Inclusão Digital e são realizadas pelos voluntários, que cuidam também da elaboração do material de apoio, da manutenção dos equipamentos e organização das questões administrativas.

A equipe voluntária está recebendo novos integrantes. Para participar, entre em contato por e-mail (admcefopea2@reciclzaro.org.br), informando sua experiência em tecnologia da informação e disponibilidade de horários.Você também pode colaborar doando equipamentos.

Novas turmas estão previstas para agosto, também destinadas ao público em geral. Acompanhe a Reciclázaro nas redes sociais para mais informações.

Conclusão do Curso de Paisagismo

A tarde do dia 15 de agosto foi uma grande conquista alcançada por 16 pessoas. Após 4 meses de dedicação, os participantes do Curso de Paisagismo, que teve início em maio deste ano, ostentaram com muito orgulho o certificado de conclusão do curso.

O Curso de Paisagismo faz parte do Projeto “Negócios Produtivos - da Assistência ao Empreendedorismo”, iniciativa da Reciclázaro, com o patrocínio do Instituto Cyrela, que visa intensificar as ações de inclusão social e profissional. O projeto é direcionado prioritariamente às pessoas já atendidas pela entidade; usuários da Casa São Lázaro, Espaço Gasômetro e CEFOPEA (Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental) foram os primeiros beneficiados.

Com aulas teóricas, práticas, estágios e assessoria técnica de negócios, o objetivo era preparar os participantes para o mercado de trabalho e, principalmente, prover conhecimento e discernimento que viabilize a construção de negócios produtivos - cooperativas, microempresas e grupos de geração de renda.

Mais de 20 pessoas atendidas na Casa São Lázaro participaram deste curso, aprendendo sobre agricultura aplicada em contextos urbanos.

Na última aula do curso, os participantes esbanjavam bom humor e criatividade, escolhendo plantas e montando vasos e quadros para enfeitar a Casa São Lázaro.  O carinho e o esmero dispensado em cada criação denotavam visivelmente o grau de gratidão que os participantes sentiam pela oportunidade oferecida.

Os dedicados alunos fizeram uso da palavra, tecendo elogios ao professor Isaque e, emocionados agradeceram a oportunidade de ampliar a área de trabalho.

No final, a Padaria Pão de Moça preparou um lanche delicioso e especial para coroar com chave de ouro esta importante vitória!

Mais o trabalho ainda continua, pois, os alunos continuam na segunda fase do projeto, contando com assessoramento profissional, abrangendo desde conceitos de empreendedorismo a formação e constituição de um negócio produtivo.

 

Redação:

Assiantura-Comunicação-I

 

 

Reciclázaro na Jornada de Capacitação em Relações e Projetos Intergeracionais

Entre 31 de julho e 04 de agosto, o PROGAPI (Programa de Atenção à Pessoa Idosa) da Associação Reciclázaro promoveu a primeira “Jornada de Capacitação em Relações e Projetos Intergeracionais” em São Paulo. O evento foi realizado em parceria da Coordenadoria de Proteção Básica e o Espaço Público do Aprender Social (ESPASO), com apoio da Fundación en Pro del Adulto Mayor en el Mundo – Christel Wasiek.

A capacitação foi ministrada pelas docentes da Universidade Católica do Uruguai, Sylvia Korotky e Lida Blanc, referências na América Latina sobre a área de intergeracionalidade.

Os participantes dos mais diversos serviços conveniados da cidade de São Paulo tiveram a oportunidade de aprender, discutir e conhecer experiências exitosas de projetos/programas intergeracionais em diversas partes da América Latina.

O intuito da jornada foi capacitar profissionais da área social, principalmente os que trabalham diretamente com crianças, adolescentes e idosos, sensibilizando sobre a importância da perspectiva intergeracional no trabalho social. Essa sensibilização visa criar uma maior integração entre os diversos grupos etários, diminuindo os conflitos, preconceitos e estereótipos entre as gerações, facilitando o diálogo em busca de uma sociedade mais integrada e solidária. 

BASE SITE II RGB - 15.08.17-02

 

Redação:

Assiantura-Comunicação-I

 

 

 

Formatura do Curso de Alfabetização de Jovens e Adultos 2016/2017

Trinta e cinco pessoas passaram a ver o mundo de maneira diferente, a partir do último dia 15. Nesta data se comemorou a Formatura do Curso de Alfabetização de Jovens e Adultos 2016/2017.

O curso faz parte do Programa “Construindo Pessoas”, fruto da parceria entre o Instituto Cyrela e a Associação AlfaSol e o seu principal objetivo é reduzir os índices de analfabetismo entre pessoas com pouca ou nenhuma escolarização, sem condições de frequentar uma escola pública. A metodologia aplicada vai além do ler e escrever, pois traz referências ao cotidiano dos alunos, o que possibilita um aprendizado mais prático e com melhor entendimento, visando o desenvolvimento pessoal e social e proporcionando novas possibilidades em suas vidas. O Projeto contemplou alunos da zona Leste, orientados pela educadora Deborah Gonçalves; e na zona Sul na Associação Mais Viver, orientados pela educadora Noélia Uchôa.

As aulas do curso aconteceram no CEFOPEA (Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental) e na Associação Mais Viver, com início em setembro de 2016 e encerramento em junho de 2017. No início, os alunos matriculados participaram do “Projeto VER”, que beneficiava as pessoas com baixa acuidade visual. Os educandos realizaram exames de vista e todos aqueles que necessitavam, receberam óculos de grau gratuitamente, o que contribuiu para o aprendizado e a socialização da turma. Foram beneficiados 24 alunos.

A cerimônia de formatura aconteceu no CEFOPEA, no espaço do Cineco, decorado especialmente para a ocasião. Os alunos trouxeram seus familiares para participar deste momento tão especial que contou com as ilustres presenças de Rafael Marques, representante do Instituto Cyrela; de Thais Fernandes, consultora pedagógica da Alfasol; Bruno Noveli, gerente de projetos da Alfasol; Viviane Gonçalves, representante da Reciclázaro.

No início da cerimônia, os representantes das entidades envolvidas falaram sobre a importância do curso e as professoras e duas alunas relataram suas experiências com muita emoção. Em seguida, os convidados assistiram a uma apresentação musical feita pelos alunos que, vindos de diversas partes do Brasil (Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Ceará, Maranhão, Paraíba e São Paulo),  representaram do momento de chegada à São Paulo e a transformação de suas vidas através da alfabetização.

Dando prosseguimento à cerimônia houve a entrega dos diplomas e a leitura de um poema feita por uma aluna da Associação Mais Viver. Para encerrar, todos puderam assistir a uma retrospectiva dos alunos em sala de aula e, ao final, desfrutaram de um delicioso coquetel preparado pela Padaria Pão de Moça.

 

Redação:

Assiantura-Comunicação-I

 

 

 

Negócios Produtivos – Da Assistência ao empreendedorismo

Com o intuito de intensificar as ações de inclusão social e profissional, a Reciclázaro lançou o Projeto “Negócios Produtivos – Da Assistência ao empreendedorismo”, com o patrocínio do Instituto Cyrela.

O projeto é direcionado prioritariamente às pessoas já atendidas pela entidade; usuários da Casa São Lázaro, Espaço Gasômetro e CEFOPEA (Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental) foram os primeiros beneficiados.

Com aulas teóricas, práticas, estágios e assessoria técnica de negócios, o objetivo é preparar os participantes para o mercado de trabalho e, principalmente, prover conhecimento e discernimento que viabilize a construção de negócios produtivos – cooperativas, microempresas e grupos de geração de renda. 

Os cursos tiveram início no mês de maio, com previsão de encerramento para novembro/dezembro deste ano, nos bairros Brás e Belém, com uma grade devidamente estruturada para cada público específico.

Curso de Paisagismo e Agricultura Urbana

20 pessoas que são atendidas na Casa São Lázaro participam deste curso que trata de agricultura aplicada em contextos urbanos, ensina conceitos de empreendedorismo e concede assessoria profissional, ampliando as oportunidades de trabalho. 

Autoimagem e Autoestima - Curso de Embelezamento Facial

O enfoque é o mundo da beleza, ressaltando a maquiagem e suas técnicas. Em busca de alternativas profissionais, 29 mulheres participam deste curso, onde um profissional de psicologia reforça conceitos de potencialização de autoestima e desenvolvimento de recursos pessoais, além de noções de empreendedorismo e assessoria técnica para abertura de negócios.  

 

Autoimagem e Autoestima - Curso de Manicure e Pedicure

Aulas teóricas e práticas sobre o mundo da beleza, com foco no aprendizado de manicure e pedicure como prática profissional. 27 mulheres participam de ações de fortalecimento emocional, discutindo e compartilhando alternativas psicológicas de enfrentamento e apoio. Empreendedorismo e assessoria também são matérias de estudo e reflexão. 

Curso de Montagem e Manutenção de Computadores

Destinada a adolescentes e jovens que, nesta fase da vida, desejam conhecer e explorar novas possibilidades. 15 pessoas participam de aulas de montagem e manutenção de computadores – módulos de redes, com peças reaproveitáveis, também aprendendo a montagem de estruturas de compartilhamento de computadores. Recebem acompanhamento psicossocial, das condições escolares e aspectos familiares, além de assessoria profissional para abertura de negócios produtivos.

Através dos projetos já incubados pela organização, confirmamos que as ações sociais e de geração de renda, quando trabalhadas de forma complementar, geram resultado satisfatórios às pessoas, pois propiciam um  vislumbrar de possibilidades de reinserção de forma efetiva e autônoma. As comunidades dos bairros do Brás e do Belém estão sendo beneficiadas com esse projeto que possui exigências básicas-reduzidas, respeitando o grau de instrução que cada envolvido possui e que conta com o auxílio e a participação da Rede de Recursos Comunitários (RRC) da comunidade na execução de tarefas.

Redação:

Assiantura-Comunicação-I

 

 

Curso Gratuito de Educação de Jovens e Adultos no CEFOPEA

Curso-de-Alfabetização-2016 III

A Associação Reciclázaro, através do CEFOPEA – Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental, abre inscrições para o curso de alfabetização de jovens e adultos, para atender a necessidade da comunidade local e dos assistidos pelos projetos da associação. Esta ação é uma iniciativa do Instituto Cyrela, em parceria com a AlfaSol – Alfabetização Solidária, responsável pelo desenvolvimento do curso. O “Programa Construindo Pessoas” do Instituto Cyrela tem o objetivo de erradicar o analfabetismo entre as pessoas que desejam continuar seus estudos e proporcionar a oportunidade de concluírem o ensino fundamental. Com professores especializados em EJA (Educação de Jovens e Adultos), os cursos são ministrados de acordo com métodos reconhecidos por instituições oficiais de ensino e os alunos são avaliados por escolas certificadas pelo MEC (Ministério da Educação). A AlfaSol é uma entidade da sociedade civil criada em 1996, cuja missão é divulgar e fortalecer o desenvolvimento social por meio de práticas educativas sustentáveis. Com um modelo simples de alfabetização inicial, inovador e de baixo custo, baseado no sistema de parcerias com os diversos setores da sociedade a AlfaSol luta pela redução dos altos índices de analfabetismo no país (no total, 13,04 milhões de pessoas com 15 anos ou mais estão no grupo de analfabetos no Brasil, segundo o censo de 2013 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE). Um dos seus objetivos também é a ampliação da oferta pública de Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Brasil. As aulas começam no dia 30 de agosto de 2016 e acontecerão às terças e quintas-feiras, no CEFOPEA, das 17 às 19 horas. O curso tem duração de dez meses, é totalmente gratuito, oferece material didático e seu único pré-requisito para inscrição é ter acima de 15 anos de idade. Será uma sala de Educação de Jovens e Adultos com o objetivo de alfabetizar e promover o acesso dos alunos ao conteúdo do Ensino Fundamental I. Certificado de conclusão a todos que terminarem o curso.

Informações:

CEFOPEA – Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental Av. Ariston de Azevedo, 10 – Belém – CEP 03021-030 – São Paulo/SP Fone: (11) 2081-3673    –    E-mail: admcefopea2@reciclazaro.org.br 

Redação:

Assiantura-Comunicação-I      

 

 

 

PROGAPI (SP) abre inscrições para dois Cursos Gratuitos de Cuidador de Idosos

BASE-ME-RGB---11.08.16

O curso de cuidador de idosos capacita pessoas para que acompanhem o envelhecimento saudável e possam cuidar de idosos com e sem necessidades especiais na sua rotina. Ensina a zelar pela integridade física, psicológica e pelo bem-estar de idosos em casas de repouso e em clubes da terceira idade ou para atuarem em acompanhamentos particulares, preservando e valorizando a convivência social e familiar do idoso.

Público-alvo

O curso de cuidador de idosos não é direcionado apenas para cuidadores comunitários, formais e informais. Seu conteúdo pode ser utilizado tanto para fins profissionais, visto ser um setor em plena expansão atual, quanto para fins pessoais, no caso de às famílias que tenham idosos com necessidades de cuidados.

Pré-requisitos:

Pessoas maiores de 18 anos;
Ambos os sexos;
Disponibilidade de horário.

Perspectivas no mercado de trabalho

O mercado de trabalho para cuidadores de idosos está em alta; nota-se que além das vagas já existentes, há uma previsão de grande demanda de profissionais nessa área. Os cuidadores de idosos podem trabalhar em casas de repouso, hospitais, centro de recuperação, além do serviço domiciliar.

Média salarial

O salário inicial de um cuidador de idosos qualificado pode variar bastante de acordo com a jornada de trabalho exercida. Os cuidadores que trabalham mediante escala de 12hx36h podem garantir salários entre R$ 700,00 a R$ 1.000,00. Já os profissionais que se dispõe a cumprir jornadas integrais, chegam a garantir salários que variam entre R$ 2.000,00 a R$ 3.000,00, além dos benefícios que são oferecidos.

Informações sobre os cursos:

Os cursos acontecerão nos bairros: Belém e Brás
O curso no Belém será aos sábados (09h às 17h) e no Brás durante a semana (período da tarde – à definir)
Duração: 3 meses
Carga horária: 100 horas
É cedido material teórico do curso e certificado no final da formação

Inscrições (apenas pessoalmente):

Data: de 15 de agosto a 19 agosto de 2016
Horário: das 09hs às 12hs /das 13hs às 16hs
Local : Associação Reciclázaro – CEFOPEA – (com Fabiana)
Endereço: Av. Ariston de Azevedo, nº 10 – Belém (rua do batalhão da GCM – ao lado da escola EMEF Anália Franco Bastos)

As vagas são limitadas e devido ao grande interesse nessa formação haverá uma seleção dos candidatos interessados.

BASE-MEIO-RGB---11.08.16 III

Redação:

Assiantura-Comunicação-I